quinta-feira, 17 de agosto de 2017

♥ Documentário sobre a vida de Matheus Schmidt ganha primeira exibição no Festival de Cinema de Gramado ♥ BR ♥



Longa "Matheus Schmidt, um caso de amor pelo Brasil" tem sessão dia 19 de agosto às 16h no Teatro Elisabeth Rosenfeld


“Ora, Sr. Presidente, eu não vejo um fato que mais afronte a soberania desta casa e eu espero que neste caso haja providências de Vossa Excelência, para que os homens sérios e honrados desta casa não sejam confundidos aí fora, com aqueles que trocam votos aqui no plenário a troco de favores governamentais”.

O discurso dirigido ao então presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer, parece atual, mas foi dito há quase duas décadas no Plenário da Câmara por Matheus Schmidt, personagem importante da história política brasileira na luta pela democracia, igualdade social e defesa do patrimônio público que agora tem sua trajetória registrada no documentário “Matheus Schmidt, um caso de amor pelo Brasil”. A primeira exibição do longa que levou sete anos para ficar pronto será dia 19 de agosto às 16h durante o 45º Festival de Cinema de Gramado.

O documentário faz um recorte da história da política brasileira pela vivência deste importante personagem político através de entrevistas, reconstituições, fotos e vídeos de arquivo. Para a realização deste longa foram captadas mais de oito horas de depoimentos, além das imagens e vídeos do arquivo pessoal da família, entre outras fontes.

Dirigido por Márcia Schmidt, filha de Matheus Schmidt, e Rogério Brasil Ferrari, o filme mistura o olhar íntimo e profissional de um político reconhecidamente íntegro cuja trajetória é marcada pelos bons princípios da política.

Este é o trabalho de estreia de Márcia como diretora, que precisou mergulhar na história do pai e do Brasil para fazer o documentário. “A ideia do filme surgiu de uma autobiografia que ele começou a escrever antes de morrer. Eu quis dar continuidade a essa ‘contação’ de história, trocando o livro pelo audiovisual, e logo percebi que ele tinha tudo organizado, guardava tudo, até parecia que esperava que se fizesse um filme sobre a vida dele. Foi uma jornada de redescobrimento de quem foi meu pai e a minha prática de jornalista me ajudou na pesquisa sobre a vida dele e sobre o que ele fez pelo Brasil. Mas a maior constatação foi a coerência de seus atos e de seu pensamento político durante toda a sua vida pública (de 1948 a 2010)”.

Para fazer o documentário, ela teve acesso ao universo de Matheus por meio de documentos, livros, discursos, fotos e vídeos que encontrou em seu acervo pessoal, além de realizar mais de sete anos de pesquisa e entre Rio Grande do Sul e Brasília, em museus, arquivos de televisão, redações de jornais e entrevistas com parentes e políticos.

Ao longo de noventa minutos, 60 anos da história do Brasil são narrados pela vida de Matheus, que morreu em 2010 em Porto Alegre aos 83 anos. Ético e coerente, ele deixou como legado às novas gerações a certeza de que é possível fazer política para o bem comum.


Quem foi Mateus Schmidt

Matheus José Schmidt Filho nasceu em Santa Cruz do Sul (RS) no dia 28 de outubro de 1926. Entrou na política inspirado pelas ideias de Luís Carlos Prestes, participou do Governo Brizola durante o Movimento da Legalidade, elegeu-se deputado federal pelo antigo PTB em 1964 e foi cassado pelo Ato Institucional número cinco (AI-5), em 30 de dezembro de 1968. Teve mais dois mandatos como deputado federal pelo PDT. Travou uma luta de 60 anos em prol da democracia, da igualdade social e da defesa do patrimônio público. Titular da Comissão de Constituição e Justiça e relator da Comissão Parlamentar de Inquérito que investigou irregularidades na Capemi no mandato de 1983-1987, votou a favor da emenda Dante de Oliveira - que previa eleições diretas para presidente da República - na sessão de 25 de abril do 1984. Durante a vida pública, Matheus Schmidt enfrentou duas prisões, um exílio, resistiu a um duro embate com a ditadura militar, denunciando prisões e desrespeitos aos direitos humanos, foi para a rua defender estudantes e trabalhadores nos confrontos com a polícia.


Matheus Schmidt


“Matheus Schmidt, um caso de amor pelo Brasil”

Estreia dia 19 de agosto às 16h no Teatro Elisabeth Rosenfeldt 
durante a programação do 45º Festival de Cinema de Gramado.



Ficha Técnica

Empresa Produtora: Schmidt Produções
Roteiro: Márcia Schmidt
Produção Executiva: Márcia Schmidt

Depoimentos: Flávio Tavares; David Lerer; Almino Afonso; Paulo Brossard; Miro Teixeira; Carlos Bastos; Carlos Lupi; Alceu Collares Carlos Araújo; José Fogaça; Mauri Panitz; Emílio Neme; Idalmir Nicolini; Luiz Carlos Brum; Luiz Carvalho Bernardes; Luiz Fernando Schmidt; Walter Ries; Suelly Schmidt; José Nelson Gonzales e Conceição Ubirici da Silva.

Elenco: Pablo Medina
Direção de Fotografia: Eduardo Izquierdo; João Seggiaro; Rogério Brasil Ferrari; Paulo Soccol
Direção: Márcia Schmidt e Rogério Brasil Ferrari
Trilha Musical: Marcelo Fornasier
Montagem: Rogério Brasil Ferrari
Desenho de Som: Rogério Brasil Ferrari e Naum Gallo
Duração: 1h30min




À NE PAS MANQUER !!!



20/08 ♥ Día del Niño en Alvear Palace Hotel ♥ Buenos Aires ♥ AR ♥



El próximo domingo 20 de agosto, el Alvear Palace Hotel celebrará el Día del Niño con un espléndido Sunday Brunch en el Restaurant L´Orangerie y lo invita a compartir en familia un festejo con entretenimientos, sorpresas y regalos.

Ambientado para la ocasión, contará con plaza blanda y propuestas lúdicas para los pequeños agasajados.

El reconocido buffet incluirá una exquisita variedad de platos fríos y calientes, acompañado por vinos y espumante de Rutini Wines, además de un divertido menú para los más chicos.


Precio por persona: $ 1750.-
Niños de 3 a 10 años: $ 950.-
incluye vinos y espumante de Rutini Wines




(+54 11) 4805-3857
Av. Alvear 1891 (1129AAA) Buenos Aires, Argentina 
Alvear Palace Hotel S.A.I. / CUIT 30-52722598-8


À NE PAS MANQUER !!!
BON APPÉTIT !!!


♥ Notáveis marcam presença no Lançamento de "Troia | Canudos", o retorno de Jorge da Cunha Lima à poesia após 40 anos ♥ BR ♥



Noite de Autógrafos na Livraria Cultura, em 15/08, reuniu personalidades da cultura, negócios e política


Jorge da Cunha Lima, escritor que se destacou por atuar na administração pública enquanto secretário de Cultura do Estado (Governo Franco Montoro, de 1983 a 1987), além de ter sido presidente das TVs Gazeta e Cultura, reuniu inúmeras personalidades na noite de Lançamento de ‘Troia | Canudos’, seu primeiro livro de poesias em 40 anos. O evento, que teve como co-anfitriões os proprietários da Editora Laranja Original, Jayme Serva e Filipe Moureau, ocorreu na Livraria Cultura (Conjunto Nacional) em São Paulo e, entre os muitos nomes que foram abraçar o autor, Joyce Pascowitch, Fernão Bracher, Gloria Kalil, Arrigo Barnabé, Tadeu Jungle, José Gregori, Carlinhos Vergueiro, Nessia Leonzini, Malu Montoro e Maria Inês Barbosa, entre outros.


Fotos by Julian Marques


Adriana Couto

Alberto Goldman et Jorge Cunha Lima

Alberto Goldman

Arrigo Barnabe

Augusto Rodrigues et Pedro Herz

Augusto Rodrigues

Bel Kowarick

Candido Bracher

Carlos Vergueiro

Dalva et Marcos Mendonça

Fernão Bracher

Filipe Moreau

Jayme Serva et Filipe Moreau

Jayme Serva


Jorge da Cunha Lima et Tadeu Jungle

Jorge da Cunha Lima et Arrigo Barnabe

Jorge da Cunha Lima, Gloria Khalil et Sergio Cardoso

Jorge da Cunha Lima

Jorge da Cunha Lima et Joyce Pascowitch

Jorge da Cunha Lima et Joyce Pascowitch

Jorge da Cunha Lima, Teresa Bracher, Marines Barbosa et Fernão Bracher

José Gregori

Maria Ines Barbosa

Nessia Leonzini

Omar Gibran

Pedro Herz

Pedro Jens et Malu Montoro

Teresa Bracher

Tete Smith de Vasconcelos

Troia/Canudos 
Jorge da Cunha Lima
Editora Laranja Original
Preço: R$ 58
Páginas: 444
ISBN: 9788592875091


FÉLICITATIONS & SUCCÈS !!!


quarta-feira, 16 de agosto de 2017

♥ 45º Festival de Cinema de Gramado começa amanhã com sessão do projeto EDUCAVÍDEO ♥ BR ♥



Exibição Hors-Concours de "O Maestro" e 
mostras competitivas acontecem na sexta-feira (18/08)


A mostra das produções audiovisuais realizadas por alunos da rede pública municipal de Gramado através do projeto Educavídeo terá uma importante novidade neste 2017: pela primeira vez na história do projeto, que existe há seis anos, estará em cartaz um filme de média-metragem. “Foi um desafio que os próprios estudantes se propuseram. Eles sentiram que estavam preparados para rodar um filme mais longo”, explica o coordenador do projeto, Leonardo Peixoto.

A sessão de projeção dos filmes produzidos dentro do projeto abre a 45ª edição do Festival de Cinema de Gramado, na noite dessa quinta-feira, 17 de agosto. Além do média-metragem “Para Sempre Você”, serão projetados outros dois curtas, todos resultados das oficinas de técnicas de audiovisual, frequentadas por estudantes entre 12 e 17 anos de escolas públicas do município.

Na Noite de Gala, os estudantes desfilam pelo Tapete Vermelho e assistem o resultado de seu trabalho na tela onde, nas noites seguintes, os concorrentes ao Kikito serão também projetados. “É uma experiência única para eles”, assegura a secretária de Educação de Gramado, Gilça dos Santos Silva.

O próximo desafio dos alunos do Educavídeo já tem data para iniciar: em setembro começam as rodagens do documentário sobre a Corrida pela Vida, cuja trajetória de auxílio e projeção do Instituto do Câncer Infantil será retratada pelos estudantes do projeto. “Toda a produção será deles: desde a pesquisa histórica, roteiro, produção e direção”, comemora Leonardo Peixoto.


Projeto recebe equipamentos do Ministério da Cultura

Outra boa notícia para a comunidade gramadense é o acordo de cooperação firmado entre a Prefeitura Municipal e o Ministério da Cultura (MinC), que vai destinar equipamentos no valor de 500 mil reais para uso dos alunos do Educavídeo.

Gramado é a segunda cidade brasileira a receber os equipamentos, que integrarão o Núcleo de Produção Digital do MinC na cidade. O pacote inclui a aquisição de câmeras, lentes, cartões de memória, tripés, cases para proteção e transporte do equipamento, refletores, microfones, gravadores, softwares de edição, computadores e caixas de som. “A técnica das produções será incomparável a partir desse acordo técnico, pois são equipamentos de qualidade muito superior”, celebra Leonardo Peixoto.

Será mais um passo na caminhada firme que o projeto faz rumo à profissionalização. O Educavídeo nasceu em 2011 como laboratório experimental e hoje é um programa assegurado por decreto municipal. No horizonte futuro, está a criação de uma faculdade de cinema, antigo sonho da comunidade de Gramado.

“Ao longo desses anos o projeto se desenvolveu e se aperfeiçoou na proporção do volume e das aspirações de seus alunos: atualmente, não apenas ensina os jovens cineastas, mas também investe em oficinas para qualificar o corpo docente”, completa a secretária de Educação de Gramado, Gilça dos Santos Silva.


Orquestra de violões fará Apresentação Especial

Com experiência de mais de 400 concertos, a Orquestra de Violões de Gramado fará uma apresentação muito especial nesta quinta-feira, na abertura do Festival de Cinema de Gramado, quando serão projetados os filmes produzidos pelos alunos do Educavídeo. "A orquestra é um projeto de jovens e estar participando do Festival de Cinema pela primeira vez justamente numa noite em que os filmes de jovens cineastas são apresentados é muito especial. Queremos que os jovens da plateia sintam-se motivados com a orquestra no palco e que eles como gramadenses se identifiquem na apresentação", revela o maestro e diretor artístico da orquestra Joe Cardoso.

Foi Joe quem idealizou a Orquestra de Violões, que hoje conta com 14 músicos, todos jovens gramadenses. O conjunto foi criado em 2011, no mesmo ano do Educavídeo. "Mais uma razão para nos sentirmos muito honrados", comemora o maestro.

A orquestra sobe ao palco do Palácio às 18h30 e vai interpretar um repertório misto, pensado especialmente para agardar a plateia da noite. "Teremos músicas folclóricas espanholas, francesas e italianas e muita música popular. Vai ser algo bem descontraído", sintetiza Cardoso.


Sinopses dos filmes produzidos pelo Educavídeo:

- “Para sempre você” (26min)
Os encontros e desencontros do casal Fernando e Helena

- “O roubo do livro” (04min)
Um livro da professora some

- “Será que o amor sempre vence?” (04min)
 As dificuldades e obstáculos de um jovem casal apaixonado




À NE PAS MANQUER !!!



♥ Férias em Cancún ♥ MEX ♥



A consultora de imagem Fernanda Delgobo curtiu férias agitadas em Cancún, no México. Na foto, Fernanda em um momento descontraído ao lado do filho Enzo Santos.


BONNES VACANCES !!!



♥ Fabiana Claudino do vôlei vai lançar carreira artística e escolheu o Curso do famoso Diretor Milton Neves para TV e Teatro ♥ BR ♥



Fabiana Claudino (32), Capitã da Seleção Brasileira e 
Bicampeã Mundial, faz Curso de Interpretação para TV





Fabiana Claudino quer mesmo alcançar novos voos como atriz e apresentadora de Televisão. Por isso esta fazendo o Curso de Interpretação de TV e Teatro com o Diretor Milton Neves. 
Acompanhada pelo namorado, o cantor de pagode Vinigran, começou neste domingo (dia 13/08), o Curso de Interpretação para TV, Cinema e Teatro, com carga horaria de 40 horas, divididos em 4 domingos. As aulas são 80% práticas e 20% teóricas com gravação de cenas de novelas e minisséries. 
Pelo jeito o Brasil vai ganhar mais uma atriz e apresentadora. Fabiana continua jogando pelo Dentil/ Praia Clube de Uberlândia.
Milton Neves diz: "Ela leva jeito"


Informações do Curso: (11) 948 27 93 42 Whatsapp - Dyllan Wolff 




Sobre Milton Neves:

Diretor de Televisão, Jornalista, Ator, Publicitário, Roteirista, Radialista, Pós-Graduado e Mestre em TV, Teatro e Cinema pela Actors Studio nos Estados Unidos e USP em SP. Workshops de Roteiros com Gabriel Garcia Marques (Escuela de Santo Antonio de Los Baños – Cuba), Keith Cunnighan (Seatle - WA), Loyd Weber (Los Angeles), Stela Adler (New York), Curso de Direção na New York Film Academy – USA.

Diretor de Filmes Publicitários para Agencias e Produtoras (Brasil e exterior). Palestrou e ministrou Workshops em várias Faculdades e Universidades do Brasil, América Latina e Estados Unidos. Formado em música pelo Conservatório Carlos Gomes (Ribeirão Preto) se especializou em musicais nos Estados Unidos (Bellevue – WA).


Televisão

Foi Diretor, Autor e Roteirista durante 15 anos do SBT, RTPI (Rede Portuguesa – USA) além de Rede Globo, Manchete, Rede TV, Gazeta entre outras, dirigindo Programas, Novelas,Seriados e Minisséries. Como jornalista escreveu para vários jornais e revista e ainda foi Diretor da Jovem Pan durante 04 anos (Boi na Linha) e Radio atual.

Em 1994 começa a ministrar cursos em todo o Brasil, América Latina e Estados Unidos (New York, New Jersey) e por ele passaram pelo workshop alunos atores que hoje são destaques na TV, Teatro e Cinema.

Profissional de múltiplas atividades, Milton Neves escreveu e dirigiu para Programas de TV, Cinema, Teatro, Novelas, Telenovelas, Seriados e Minissérie. Trabalhou 15 anos no SBT (Sistema Brasileiro de Televisão) nos programas Viva Noite, Domingo Legal, Sabadão Sertanejo, TV Animal, Passa ou Repassa, Topa Tudo por Dinheiro e Super Paradão. Escreveu e dirigiu vários Teleteatros para o SBT, entre eles: “O Reencontro”, “A Vingança” e “Amor de Outono”.

Foi Diretor Geral do Programa “Bom Dia & Cia.” e “Eliana e Companhia”, um dos maiores sucessos da programação Infantil da Televisão Brasileira. Entre os personagens mais famosos criados por ele estão: MELOCOTON, BIZUCA, O COMPUTADOR FLITS, RECICLEIA.

Produziu e escreveu os seriados Família Buu, Aperte o play, TV Zoom,Miguelito Rede TV e Europa), Velozes e Curiosos (Rede TV), Cozinhando com amigos (Rede TV), Bichos e Cia (Band), Beleza em close (RedeTV), “Tudo de bom” entre outros.

Em 1998/99, produziu toda a parte Infantil na Bienal Internacional do Livro, a segunda maior feira de livros do mundo.
Seu livro “Montando Estórias”, lançado na mesma Bienal apresenta 03 (três) peças de sua autoria e ensina como fazer cenários e figurinos para cada texto.

De 2003 a 2007 trabalhou em NY-USA, em produtoras produzindo e dirigindo seriados e sitcons e na Rede de Televisão Portuguesa (RTPI) além de ministrar cursos de Interpretação para TV e Teatro em New York, New Jersey e América Latina.

Como jornalista escreveu para varias revistas e jornais; além de dirigir na Radio Jovem Pan (04 anos) o programa “Boi na Linha” e na Radio Capital o programa “Revista Capital”.

Em 2008/2009 produziu e dirigiu os programas “Velozes e Curiosos”, “As aventuras de Rosa e Rosinha”, “Bichos e Cia” - Band.
Dirigiu em 2009 o Filme “Passion- Amor dos Deuses!” representando o Brasil no Festival de Caracas na Venezuela e outros países. Atualmente esta em projeto para seriado Infanto Juvenil “Baton Futebol Clube”. Acabou de dirigir e produzir o Curta-Metragem “ Cuiabá – Portal da Atlântida” todo gravando em Cuiabá e na Chapada dentro do projeto "Curta Cuibá”.
Em 2010/11 dirigiu o programa “Attentude” voltado ao publico Juvenil.


Teatro e Musicais

Para o teatro já escreveu mais de 29 peças, entre Musicais Infantis, Adultos e Comédias encenadas profissionalmente.
O musical "O Brilhante Mágico" lhe rendeu vários Prêmios, inclusive como Autor-Revelação. A peça foi encenada em São Paulo e em vários Estados Brasileiros e em Los Angeles - U.S.A com o título "The Magic Diamond". O musical já foi montado por mais de 10 vezes profissionalmente.







FÉLICITATIONS & SUCCÈS !!!



terça-feira, 15 de agosto de 2017

♥ Festival de Cinema destaca o talento feminino na cadeia audiovisual ♥ BR ♥




A 45ª edição do Festival de Cinema de Gramado será palco para as mulheres mostrarem que o talento feminino está presente em todos os segmentos da cadeira do audiovisual. Dentro e fora da tela, diante e atrás das câmeras, debatendo, ensinando, financiando: a programação está repleta de nomes femininos e recortes que enfocam o trabalho e a presença delas no cinema.

Nas mostras competitivas do Festival de Gramado, 12 filmes são dirigidos por mulheres. O destaque de 2017 é para a seleção de longas-metragens brasileiros, em que elas ocupam o posto de direção em quatro das sete obras que concorrem aos Kikitos. Em dois casos, elas reinam sozinhas no cargo: “Pela Janela” (Caroline Leone) e “Vergel” (Kris Niklison), curiosamente, ambas coproduções entre Brasil e Argentina. Já em “A Fera na Selva”, Eliani Giardini divide a cadeira com Paulo Betti e Lauro Escorel.

E em “Como Nossos Pais”, a diretora Laís Bodanzky, que também assina o roteiro, em parceria com Luiz Bolognesi, leva ainda a temática para o enredo, enfocando a vida de Rosa, uma mulher que quer ser perfeita em todas suas obrigações e precisa responder às distintas visões geracionais sobre o lugar da mulher: das filhas adolescentes e dos próprios pais.

A mostra de curtas-metragens brasileiros também vai provocar reflexão sobre o universo das mulheres, em três produções que, embora dirigidas por homens (um deles, transexual), abordam pontos de vista femininos. “Tailor” (Calí dos Anjos) é um documentário animado sobre um cartunista transgênero, integralmente feito por pessoas trans. “A Gis” (Thiago Carvalhaes) também documenta a vida de uma transexual - Gisberta Salce – que, neste caso, termina em tragédia em Portugal, onde ela foi assassinada em 2006. Já “Cabelo Bom” (Swahili Vidal) enquadra a questão de gênero e raça ao tratar sobre as pressões estéticas a que estão submetidas as mulheres negras.

Além destes, competem na mostra de curtas brasileiros “O Espírito do Bosque”, dirigido por Carla Saavedra Brychcy, “Postergados”, de Carolina Markowicz e “Mãe dos Monstros”, de Julia Zanin de Paula – este último também disputa os prêmios de curtas-metragem gaúchos, assim como “Gestos”, codirigido por Júlia Cazarré e Alberto Goldim e “Kátharsis”, que traz a assinatura de Mirela Kruel. Vale ainda mencionar a presença do filme “Substantivo Feminino” na seleção de filmes gaúchos fora de competição. O média-metragem dirigido por Daniela Sallet e Juan Zapata conta a valente história de duas ambientalistas pioneiras no Rio Grande do Sul: Magda Renner e Giselda Castro.

Entre os longas estrangeiros, a chilena Maite Alberdi assina “Los Niños” e a dupla argentina Virna Molina e Ernesto Ardito dirigem “Sinfonía para Ana”. Também é da Argentina que chega uma das homenageadas desta edição do Festival de Cinema de Gramado: a atriz Soledad Villamil, famosa por sua interpretação em “O Segredo de Seus Olhos”, que levou o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2011. Soledad receberá o Kikito de Cristal, que no ano passado foi entregue à sua conterrânea Cecilia Roth, a primeira mulher a receber a honraria – na ocasião, a “chica Almodóvar” não perdoou: disse esperar que as próximas premiadas sejam todas mulheres, para equiparar os números de prêmios entre os gêneros. Já a brasileira Dira Paes, que ao longo da carreira de 33 anos incorporou e deu vida a mulheres de distintas regiões e classes sociais do país, será destacada com o Troféu Oscarito.


Palestrantes mulheres dominam o Gramado Film Market

O evento dedicado à negócios e educação do Festival de Cinema de Gramado – o Gramado Film Market – tem ampla participação feminina nas mesas de debate. São 16 palestrantes, dos quais a metade serão mulheres.

Elas estarão no comando de reflexões sobre os desafios do financiamento audiovisual, por exemplo, na mesa conduzida por Débora Ivanov e Luiz Noronha, “Desafios Ancine & BRDE”. Débora é diretora-presidente em exercício da Agência Nacional de Cinema (Ancine) e já participou de mais de 60 projetos audiovisuais entre curtas, médias e longas-metragens, telefilmes e séries para televisão.

O tema volta ao debate com a palestra “Financiando e produzindo com o Canadá”, que contará com as participações da vice-cônsul canadense, Raphaëlle Lapierre-Houssian, que também é gerente de Desenvolvimento de Negócios de Indústrias Criativas do país.

Ela estará ao lado do roteirista Adam Till e de Monica Aguirre, outra mulher com carreira sólida dedicada ao audiovisual no Canadá, onde lidera a implementação dos planos estratégicos internacionais da Toronto Film School

Reconhecido por suas políticas em defesa da igualdade entre gêneros, o Canadá, que é o país homenageado desta edição do Festival de Cinema de Gramado, promove ainda a “Mostra Conexões Femininas”, com projeções de filmes de uma das maiores revelações do cinema produzido no país norte-americano, a jovem Carol Nguyen, e da premiada cineasta e documentarista Amber Fares, que entre outros trabalhos é atualmente produtora associada na quarta temporada de “Transparent”, série da Amazon.

Carol e Amber também vão debater a presença feminina no universo audiovisual com duas outras feras do setor: a produtora Lucy Barreto, que tem no currículo mais de 85 filmes, e a curadora do Festival de Cinema de Gramado, Eva Piwowarski, que acumula grande experiência na promoção do audiovisual argentino e do Mercosul.

Fora da programação do Gramado Film Market mas também convergindo para o tema, a Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul debate o papel e o espaço feminino neste segmento. E as especialistas Alice Gonzaga e Dani Schmitt, respectivamente do Museu do Festival e da Cinemateca Capitólio, vão debater o tema “Cinema e Preservação”.




FÉLICITATIONS & SUCCÈS !!!



♥ Coletivo Carandaí 25 comemora 4 anos e reúne novos parceiros na Gávea ♥ BR ♥

Coletivo reunido na Casa Rosa


A 16º edição do evento une moda, design, gastronomia e música


Depois de levar 15 mil pessoas à Casa Rosa da Gávea, em abril passado, o Coletivo Carandaí 25 retorna ao endereço da Marquês de São Vicente em agosto. A nova edição será realizada entre os dias 17 e 20, com 85 marcas cariocas e a chegada de um projeto infantil paulistano ao Rio: o “Pitanga Curadoria para Crianças”, que traz uma seleção de produtores de moda e design com foco no público de 0 a 10 anos. Para comemorar os quatro anos do coletivo, o evento terá pela primeira vez atrações musicais, como shows do Quarteto Nuclear, Ogro Jazz e Fabio Sant´anna.

A 16ª edição do Carandaí 25 será recordista em número de pequenos produtores. O coletivo recebe agora patrocínio do shopping Rio Sul que permite alavancar as marcas e o novo momento de consumo colaborativo e apoio do Sebrae proporcionando palestras de capacitação para todo o grupo. Junto aos seus parceiros, a empresária Tatiana Accioli reunirá 160 expositores de moda, design e gastronomia.

As jovens marcas como Helena Pontes, Krya, Manu Manu, Carol McDowell, Angela Brito, Ame, Isla, Marju, Bossa Social e Zsolt confirmam presença e se firmam como expositores já conhecidos do público. Entre os novos participantes, a associação de Joalheiros e Relojoeiros do Rio de Janeiro (Ajorio) estreia com nomes que representam o design de joias e bijuterias da marca coletiva É do Rio como Isla, Nocca Atelier, Marisa Portela, Ana Zulma, Pluma e Atelier Pepita.

O jardim da casa de dois mil metros quadrados será lugar de encontros gastronômicos. Zazá Piereck, do Zazá Bistrô, terá uma receita sua nas tapiocas da Tapí, o especialista em carnes Malta assinará uma colaboração para a Frites, o Chef Pedro Benoliel fará um recheio especial para a Cogú, Janjão Garcia, da Casa Carandaí e restaurante Lorenzo, criará para a NUU pães de queijo, a Chef Joana Carvalho, do restaurante Jojô Bistrô, criará para o Espírito de Porco, Roberta Sudbrack dará um molho especial ao seu famoso cachorro-quente, além do Chef Pedro Siqueira que desenvolverá uma receita inédita para seu restaurante Puro que se instalará por lá.

A Feira na Rosenbaum, que movimentou o público na edição de abril, volta à cidade com 50 marcas paulistanas de design. Nomes como Paola Muller, Evelyn Tannus, Estúdio ILud, Marcelo Novaes, A Menor Loja do Mundo, Design Kiiro e Pedro Braga já confirmaram presença. E duas atrações de arte prometem roubar a atenção dos visitantes: pela primeira vez no Rio, a galeria BG 27, dos irmãos Gabriel e Billy Sáez, trará gravuras, fotografias, ilustrações e desenhos criados por artistas convidados. Já a Riso Tropical vai chamar o público para interagir com impressões de lambe-lambe, que serão feitas ao vivo.


Empresária Tatiana Accioli 

Sobre o Carandaí 25:

O Coletivo Carandaí 25 nasceu na casa da empresária Tatiana Accioli em 2013, na rua que dá nome ao evento. Já na primeira edição, Tati reuniu marcas como Andrea Marques, Patricia Viera, Adriana Degreas, Dona Coisa e Gilda Midani. “Percebi que o Rio de Janeiro estava carente de eventos de moda mais charmosos e exclusivos, fora do circuito dos shoppings. A partir daí, formatamos um novo modelo voltado para pequenos produtores e montamos assim uma plataforma de negócio. Um coletivo que tem por objetivo incentivar a moda colaborativa e fomentar as novas marcas”, diz Tati Accioli. Com a crescente adesão de expositores ao longo dos quatro anos de vida, o Carandaí 25 se instala em locações cada vez maiores e mais charmosas e se prepara para mais uma vez levar a moda carioca para outros estados como São Paulo e Curitiba.


Mary Zander, Fabio Sant´anna, Ogro Jazz e Quarteto Nuclear


COLETIVO CARANDAÍ 25 – 16ª EDIÇÃO – CASA ROSA DA GÁVEA
Rua Marquês de São Vicente 268 | 17 a 20 de agosto | 13h/21h | 
Entrada gratuita | Vallet no local | @carandai25


Programação de Shows:

17/08 (quinta-feira): Quinteto nuclear - Das 18h30 às 20h
 18/08 (sexta-feira): DJ Mary Zander e Markinho Mesquita - Das 18H30 às 20h
19/08 (sábado): Ogro Jazz - Das 18h30 às 20h
20/08 (domingo): Fabio Sant´anna - Das 18h30 às 20h



PATROCÍNIO: RIO SUL E STELLA ARTOIS | APOIO: SEBRAE, É DO RIO E AJORIO

PARTICIPANTES MODA: 409 | ADRIANA VALENTE| AME | ANA ZULMA | ANGELA BRITO | ATELIÊ JULIA LOVELL-PARKER | ATELIER CLARA ROSAS | ATELIER PEPITA | ATELIER WATSON | AUGUSTANA | ABOUABU | BALLERINA | BARBARAH | BIO



FÉLICITATIONS & SUCCÈS !!!